A senhora foi legitimamente eleita, mas eu também fui, diz Collor a Dilma

11/08/2015 19:25
Tendo que renunciar ao mandato de presidente em 1992 para evitar um impeachment, o senador Fernando Collor de Mello (PTB) resolveu dar um aviso à presidente Dilma Rousseff (PT). “A senhora foi legitimamente eleita, mas eu também fui”, disse Collor a Dilma diante de outros líderes partidários, na reunião que antecedeu ao jantar no Palácio da Alvorada.
 
De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Collor foi queixoso em sua fala e criticou várias vezes o que chamou de “judicialização da política” e à “instabilidade das instituições”, provocada, segundo ele, pela condução da Operação Lava Jato, na qual é investigado. Collor teve bens, como carros de luxo, apreendidos em ação da Polícia Federal determinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a quem dirigiu um palavrão na tribuna do Senado na semana passada.
 
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento de cultura e política
 
Blog: O Povo com a Notícia

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!