ABRIL EDUCAÇÃO LANÇA PLANTAFORMA DE CURSO VIA CELULAR

13/03/2013 19:57

 

Usando portal de voz e torpedos, Edumobi oferece conteúdos em áreas tão distintas quanto Enem e educação financeira. Custo é de 2,99 reais por semana

Renata Honorato

 

A Abril Educação — empresa do Grupo Abril, do qual faz parte a Editora Abril, que publica VEJA — lançou nesta terça-feira a Edumobi, plataforma que distribui cursos via celular. Por ora, os conteúdos estarão disponíveis apenas para assinantes da operadora Vivo, ao custo semanal de 2,99 reais cada. Até o final do ano, os cursos serão oferecidos também para mais uma operadora brasileira.

A plataforma começou a ser desenvolvida há três anos por Alex Pinheiro, que carrega no currículo uma vasta experiência no setor móvel. Seu desenvolvimento consumiu um investimento de 6 milhões de reais. "O formato de SVA, ou serviço de valor agregado, já está bem desenvolvido na área de entretenimento, por exemplo, com conteúdos de música e games. Faltava a educação", diz Pinheiro.

O catálogo da Edumobi é abrangente. Além de um curso de educação financeira, há conteúdos e treinamento para quem vai tirar a primeira habilitação e até um curso de vinhos, assinado por Marcelo Copello, referência no assunto no Brasil.

A marca firmou também parceria com os cursinhos pré-vestibulares Anglo e pH para oferecer curso para os estudantes que se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Outros destaques são cursos sobre 3G e Wi-Fi, imposto de renda e atletismo, respectivamente produzidos com apoio das revistas Info, Exame e Boa Forma, da Editora Abril.

Cursos — Os cursos se apoiam nas mecânicas de portal de voz e mensagem de texto. Ao se matricular, o usuário poderá escutar as aulas e, em seguida, realizar exercícios através de mensagens SMS, os famosos torpedos. "A plataforma foi adaptada para todos os celulares. Há uma diferença apenas para os smatphones, que podem acessar exercícios extras no nosso site móvel", diz Pinheiro.

Para motivar os usuários, o Edumobi aposta em conceitos de gamificação. O estudante ganha medalhas e troféus conforme evolui nos cursos e também participa de um ranking que abrange todo o país. Além disso, pode compartilhar suas conquistas nas redes sociais.

Entre os planos da Edumobi está a expansão para todas as operadoras brasileiras. Até o final de 2014, garante Alex Pinheiro, o serviço será disponibilizado para todo brasileiro que tiver um celular — smartphone, ou não.

 

Redação do chorrochoonline.com

Fonte: veja

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!