ACIDENTE NA BR-116, PRÓXIMO A FORMOSA-BA, DEIXA UMA VÍTIMA FATAL

10/11/2015 08:15

Não é de hoje que a imprudência tira a vida de pessoas nas rodovias brasileiras. Mesmo assim, muitos ignoram esse fato e continuam cometendo erros. Nesta segunda-feira (09) um caminhoneiro fez uma tripla ultrapassagem em local proibido e acabou tirando o direito de respirar de uma pessoa.

O acidente aconteceu nas proximidades da Fazenda Suçuarana (município de Chorrochó), no km 107 da BR-116, a 5 quilômetros/norte do Povoado Formosa (município de Macururé), por volta das 12h20min, envolvendo um Vectra e um caminhão baú.

O Vectra, ocupado por 5 pessoas da mesma família, seguia de Tabira-PE com destino a São Paulo e foi surpreendido pelo caminhão na contramão tentando ultrapassar três carretas, em um local de subida, de faixa contínua. “Tentei desviar o máximo possível, mas não deu, acabei colidindo na lateral do caminhão”, comentou o motorista.

Com a colisão, o veículo rodou e foi jogado para fora do asfalto e o caminhão tombou do outro lado.

Estavam no Vectra os irmãos Risonaldo de Souza (motorista), Rildomar e Cleide e duas sobrinhas, Cecília e Maria Eduarda. No caminhão estava apenas o motorista de nome não informado.

Com o impacto da colisão, Cleide foi arremessada para fora do veículo, porém não teve ferimentos graves. Os outros ocupantes, no primeiro instante, saíram conscientes e aparentemente com ferimentos leves.

Um motorista que passava pelo local deu socorro à família. Todos, exceto Risonaldo, foram levados para o hospital da cidade de Macururé-BA. Já o caminhoneiro foi levado em outro veículo, com ferimentos nas pernas. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local do acidente, as vítimas já haviam sido socorridas.

Ao chegar ao hospital, infelizmente Rildomar, de 36 anos, não resistiu e veio a óbito. 

O motorista Risonaldo permaneceu no local até a chegada da PRF e retirada de seu veículo que não possui seguro.

O motorista do Vectra, Risonaldo de Souza, saiu ileso do acidente

 

A carga do caminhão era de pequenas latas vazias e outros objetos desconhecidos. Até às 19h00min, nada havia sido saqueado.

A CIPE-Caatinga, Polícia Civil de Macururé e de Chorrochó e a Polícia Rodoviária Federal estiveram no local do acidente e realizaram os procedimentos cabíveis.

 



www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política

Fonte: Portal de Formosa


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!