ACM Neto oferece vice e Senado para PMDB de Geddel

07/04/2014 08:22
Com a decisão não oficial do prefeito ACM Neto (DEM) em destacar o ex-governador Paulo Souto (DEM) da disputa pela vaga ao posto ao governo da Bahia em 2014, o também pré-candidato oposicionista Geddel Vieira Lima (PMDB) poderá lançar voo solo – com o apoio do PSC - e provocar um racha no bloco que desde a eleição de Neto para a prefeitura de Salvador sempre pregou a união.
 
Mas, neste domingo (6), oBocão News recebeu a informação de uma figura influente peemedebista que revelou uma contraproposta oferecida pelo DEM na Bahia para garantir o apoio do PMDB e a união do grupo. Na movimentação de peças, o PSDB do deputado federal Antônio Imbassahy, que teria a vaga de vice garantida para João Gualberto (PSDB) perderia o posto.
 
A fonte afirma que Neto ofereceu as vagas de vice e do Senado para o PMDB de Geddel em troca do apoio ao pré-candidato Paulo Souto. O peemedebista não confirma, mas também não nega que a proposta tenha abalado a alta cúpula da sigla e o momento, garante, é de reflexão.
 
Em função da mesma proposta, Neto teria – mais uma vez – adiado o anuncio da chapa, que teve o prazo findado na sexta-feira (04). O BN tentou contatos com representantes do DEM e do PSDB para confirmar, ou negar, a informação. Mas, o informante atesta que os detalhes são mais do que seguros e adiantou que ainda na semana em curso todos os nomes da oposição serão anunciados.
 
A semana foi bastante atribulada para Geddel Vieira Lima. O peemedebista chegou a sentar para conversar com Domingos Leonelli, do PSB. Um dos pontos da conversa foi a probabilidade de fechar um apoio nacional a candidatura do presidenciável Eduardo Campos. 
 
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
 
Fonte: BN

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!