Aécio Neves começa por Salvador a campanha no Nordeste à presidência

17/09/2013 21:15

  

  

Especulado desde 2010 como possível candidato à Presidência da República pelo PSDB, o senador Aécio Neves (MG) vai começar o peregrinação pelas grandes cidades nordestinas nesta sexta (20) com uma passagem rápida por Salvador. Eleito presidente nacional do partido – uma estratégia para minar as chances de um embate desfavorável contra outro tucano, José Serra –, Aécio tenta brigar por espaço em áreas onde o PT, principal adversário a ser batido, possui ascendência mais forte, além de costurar uma aproximação com Eduardo Campos, numa espécie de acordo de não agressão na campanha de 2014 entre PSDB e PSB.

Apesar da informação circular há algum tempo, a confirmação da vinda de Aécio para a Bahia foi feita em definitivo nessa segunda-feira (16/9) pelo deputado federal e líder da oposição na Câmara Federal, Antonio Imbassahy. O parlamentar, no entanto, classifica a visita do correligionário à capital baiana como uma preparação para o encontro regional do partido, que acontece em Maceió (AL), no dia seguinte. “Ele vai fazer em Maceió no sábado, mas antes virá a Salvador na sexta-feira. É mais uma coisa preparatória para Maceió”, avaliou Imbassahy em entrevista à rádio Tudo FM. Ele, todavia, destaca a importância da Bahia no cenário político nacional e antecipa a programação do dirigente nacional. “A programação dele é fazer uma visita ao prefeito da capital, ACM Neto, vai fazer uma coletiva, depois vai fazer uma reunião pontual e reservada com lideranças empresariais e políticas, mas uma coisa que não diminua a reunião de Maceió”, ressalta o deputado federal, considerado um dos principais articuladores de Aécio no Nordeste.

“O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves, vai fazer quatro reuniões de dimensão regional, vai iniciar pela região Nordeste, em seguida vai para a região Sul, vai fazer o Norte e o Centro-Oeste. Ele vai apresentar algumas ideias e algumas propostas iniciais sobre programas de trabalho, o que é que está se pensando dentro do PSDB, mas nada ainda que consagre candidaturas à presidência da República”, minimiza Imbassahy. Nas entrelinhas, o parlamentar baiano deixa escapar que o objetivo é aproximar Aécio do eleitorado. “O que a gente quer nessa fase é o fortalecimento do partido, dar uma dimensão mais forte para que o partido se apresente no ano que vem, no ano das eleições, com a nitidez de oposição e com programas que possam efetivamente fazer a confiança da população brasileira”, pondera. (Tribuna da Bahia)

 

www.chorrochoonline.com

CONECTADO COM VOCÊ


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!