Armamento de quadrilha que aterrorizou Conde é achado enterrado

25/06/2015 21:29

A Polícia Civil apreendeu armamentos e outros materiais usados pela quadrilha que roubou um banco e aterrorizou a cidade de Conde no começo do mês. Fuzis, explosivos, carregadores, brucutus e coletes antibalísticos estavam enterrados em em um milharal na zona rural de Mulungu do Morro, a 393 quilômetros de Serrinha.  
 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todo material foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), segundo divulgou nesta quinta-feira (25) a polícia. A propriedade onde foram achados os materiais está em nome de Antônio José de Souza, conhecido como Toninho, que continua sendo procurado. Ainda não foram identificados todos os integrantes da quadrilha.

Invasão e crime - Uma invasão de quadrilha à cidade do Conde, a 187 quilômetros de Serrinha, deixou a população assustada no final da manhã desta terça-feira (2). De acordo com informações da delegacia da cidade, a situação começou por volta das 11h e durou cerca de 20 minutos.

Cerca de 10 homens armados chegaram em dois veículos, uma Hilux de cor branca e um C3, ocuparam a praça da cidade e dispararam diversos tiros contra a delegacia, a viatura e o alojamento da Polícia Militar.

Em seguida, seguiram para a agência do Banco do Brasil, onde renderam os funcionários e roubaram quatro caixas eletrônicos, além do cofre.

De acordo com a Polícia Militar, a polícia evitou reagir e não houve confronto a fim de que se preservasse a integridade física dos reféns, que foram utilizados durante toda a ação. Imagens enviadas ao PCS mostram pessoas amarradas nos capôs de dois carros.

 

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política

Fonte: Cleriston Silva


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!