Ataque aéreo dos EUA na Líbia mata dois reféns sérvios

20/02/2016 11:07
Bombeiros trabalham para extinguir um incêndio provocado por jihadistas do Estado Islâmico em uma instalação petrolífera na cidade de Ras Lanuf, norte da Líbia - 23/01/2016
Bombeiros trabalham para extinguir um incêndio provocado por jihadistas do Estado Islâmico em uma instalação petrolífera na cidade de Ras Lanuf, norte da Líbia - 23/01/2016(Str/AFP)

Dois funcionários da embaixada sérvia, mantidos como reféns pelo Estado Islâmico desde novembro do ano passado, morreram no ataque aéreo dos Estados Unidos contra o grupo terrorista na sexta-feira, no oeste da Líbia. A informação foi dada pelo ministro de relações exteriores da Sérvia, Ivica Dacic.

Dacic identificou os reféns como Sladjana Stankovic, do departamento de comunicações, e Jovica Stepic, um motorista. Eles foram capturados em novembro, após o comboio diplomático, que incluía o embaixador, ficar em meio a um incêndio na cidade líbia de Sabratha.

 
 
 
 
 

Segundo o ministro, em conversa com a imprensa, a informação das mortes foi passada por oficiais sérvios presentes no país, mas não foi confirmada pelo governo da Líbia.

(Com Estadão Conteúdo)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!