Bahia passará a produzir pelo SUS remédio importado da Itália e Argentina

22/06/2014 09:43

Um remédio, atualmente importado da Itália e Argentina, será produzido na Bahia para o SUS de todo o Brasil, beneficiando pessoas com distúrbios hormonais, como por exemplo, aqueles que interferem na produção do leite - a Cabergolina. O medicamento será produzido pela Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos, a Bahiafarma, que terá sua Unidade Industrial Região Metropolitana de Salvador inaugurada na próxima quinta-feira (26), às 9h, no Centro Industrial de Aratu (CIA Sul), em Simões Filho, e contará com a presença do governador Jaques Wagner, do ministro da Saúde, Arthur Chioro, e do secretário da Saúde do Estado, Washington Couto. Na ocasião, haverá a apresentação do primeiro medicamento produzido pela Fundação. Segundo informações, foram investidos cerca de R$ 12 milhões. A nova Bahiafarma, vinculada à Sesab, visa ampliar a atuação do estado no campo farmacêutico, que abrange além da pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico, fornecimento e distribuição de medicamentos essenciais e outros medicamentos de interesse social, para órgãos e entidades que integram o Sistema Único de Saúde (SUS)

www.chorrochoonline.com

Informação Entretenimento e Cultura


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!