Belém do São Francisco-PE:: Caminhão que transportava carga de gesso tomba na ponte próxima a curva do Riacho Pequeno na BR 316.

20/10/2014 12:39
Um auto-carga dirigido pelo motorista identificado como Wagner, o qual transportava uma carga de gesso, da cidade de Trindade (PE), com destino a Arapiraca (AL), tombou logo após a curva do distrito de Riacho Pequeno, no sentido Riacho-Belém.
O acidente ocorreu na madrugada deste sábado (18) e segundo declarações do motorista ao JORNAL GAZZETA DO SERTÃO, tudo aconteceu por conta das faixas que indicavam os desvios quando das construções das novas pontes agora alargadas, não foram apagadas, quem por ali trafega leva a entender que os desvios ainda estão valendo.
Procurado pelo Sr, Cícero, que é pernambucano de Altinho, no agreste do estado, mas reside em Arapiraca, o prefeito Gustavo Caribé, sensível ao problema, cedeu uma motoniveladora (Patrol), do município para retirar o auto-carga do local do acidente colocando o mesmo em condições de seguir viagem.
Nas fotos, a nossa reportagem mostra que as faixas, a branca que indica a largura da pista, e a amarela contínua que indica a proibição de ultrapassagem ainda estão lá bem vivas, é preciso apagar as mesmas para que não causem mais acidentes.
Na mesma madrugada outro caminhão não tombou por pouco e na semana passada um auto-passeio virou.
A nossa reportagem ouviu o condutor, o qual graças a Deus não sofreu ferimentos, saiu ileso, e apela para o bom senso do DNIT que tome as medidas cabíveis no sentido de que as faixas sejam de imediato apagadas nas quatro pontes onde se fez necessário a criação desses desvios, as fotos abaixo mostram o perigo que é levado a quem por ali transita, principalmente a noite.
A foto mostra claramente as faixas branca e amarela, uma, a branca, indica o desvio e largura da pista, a amarela contínua a ultrapassagem proibida.
O senhor Cícero (pai do condutor), mostra as faixas à nossa reportagem e o perigo que as mesmas levam aos motoristas.
O caminhão tomba a uma altura de um metro e despeja toda a carga de gesso onde antes era o desvio.
Frente do auto-carga com a placa de Araripiraca-AL
Após tombar, a posição que ficou o auto-carga se vendo ao fundo a altura da barreira de onde o mesmo caiu.
Pessoal retirando as placas de gesso que restaram inteiras após o acidente.
Pedaço de pista do desvio onde as placas são empilhadas, na nossa análise essa pista deveria ter sido destruída pela construtora responsável pela obra de construção das novas pontes.
Nesta foto se ver claramente o pedaço de pista que deixaram onde era o desvio e por onde tombou o auto-carga, da para ser também a faixa amarela contínua.
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
Fonte:GAZZETA DO SERTÃO.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!