BRASIL: Após pressão de agentes de saúde, Dilma fala em acordo sobre o piso salarial

13/11/2013 12:52

A presidente Dilma Rousseff convocou para uma reunião no Planalto os líderes dos partidos do condomínio governista na Câmara. Será às 11h desta quarta-feira (13). O principal tema do encontro é o projeto que cria um piso salarial para os agentes comunitários de saúde. Antes irredutível, a presidente revela-se agora mais maleável. Deseja patrocinar um acordo. Deve-se a flexibilização de Dilma ao risco real de amargar uma derrota na Câmara.

A presidente poderia vetar a proposta. Mas compraria briga com cerca de 400 mil votos – 360 mil agentes de saúde e 40 mil agentes de controle de endemias. Eles atuam nas equipes do programa Saúde da Família. Visitam lares pobres em pelo menos 5.288 municípios. Dilma tornar-se sócia da solução.

Costurava-se na noite passada o seguinte acordo: o piso dos agentes passaria a ser de R$ 850. A pasta da Saúde continuaria enviando às prefeituras os mesmos R$ 950. A diferença de R$ 100 seria a contribuição da União para cobrir os encargos. Nessa versão, Dilma não teria que recorrer ao veto, já que a conta do Tesouro Nacional ficaria do mesmo tamanho.

 

www.chorrochoonline.com

CONECTADO COM VOCÊ

( Do Blog do Josias )


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!