BRASILEIRO SERÁ EXECUTADO EM FEVEREIRO NA INDONÉSIA, DIZ JORNAL

31/01/2015 08:26
Na iminência de ser executado, o brasileiro Rodrigo Gularte, preso na Indonésia desde 2004 ao tentar entrar no país com 6 quilos de cocaína dentro de pranchas de surfe, tem poucos momentos de lucidez e não quer deixar a prisão para ir a um hospital, a fim de obter um laudo que pode livrá-lo do corredor da morte. 
 


 

A família, que afirma que o curitibano sofre de esquizofrenia, tenta sua internação em um hospital psiquiátrico. Mas Gularte, com medo, tem receio de que qualquer deslocamento seja para levá-lo para a morte, e não para um médico. Autoridades da Indonésia, segundo o jornal The Jakarta Post, confirmaram o nome de Gularte na lista dos presos que serão executados em fevereiro. 
 
A data ainda não está marcada. Não cabem mais recursos na Justiça. Na semana passada, o presidente da Indonésia, Joko Widodo, rejeitou o pedido de clemência feito pelo governo brasileiro. "Ele está desorientado, com muito medo. (Mural do Oeste)
 
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento cultura e política

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!