Câmara de Paulo Afonso: 'Uma imagem vale mais que mil palavras!'

29/09/2015 11:21

Redação
Ivone Lima (www.ozildoalves.com.br)

 

Você, leitor, considere-se um herói, sobrevive em Paulo Afonso com a classe de políticos que está aí. Parte dos vereadores da cidade, sem qualquer cerimônia, arranjaram um jeito de não deixar os problemas da administração do prefeito Anilton Bastos (PDT) ganhar relevo na Casa.

 

"Uma imagem vale mais que mil palavras" (Confúcio)

Em três sessões seguidas o Grande Expediente foi suprimido. É um deboche com os pagadores de impostos que liquidam por mês, uma pequena fortuna para manter a classe no município.

Sobra, ora que graça, justamente para a imprensa aquilo que deveria ser a razão de existir um vereador: fazer a ponte entre a população e o prefeito. Para ficar apenas na Secretaria de Serviços Públicos, na última semana, eu passei um dia inteiro com uma feirante me ligando pedindo que eu investigasse o que acontece na prefeitura que resolveu removê-los do centro para o Ceasa.

“Nós fomos para lá e voltamos com a mercadoria, sem vender nada, porém, a prefeitura nos ameaçou tomar tudo e doar. Não temos como ganhar o pão vendendo naquele Ceasa”, disse a feirante.

Não por acaso, antes do telefonema, a senhora tentou marcar uma reunião com um vereador ligado ao prefeito, muitos pais de família compareceram preocupados com o ganha-pão, porém, o vereador não deu o ar da graça. Eles zombam do sofrimento do povo, eles riem da cara do cidadão!

Na sessão desta segunda-feira (28), em que mais um Título de Cidadão Pauloafonsino foi outorgado, desta vez ao Professor Nery, o vereador Luiz Aureliano (PT) tentou em vão falar da política e dos queixumes da população, entre eles, a falta de médicos nos PSFs, foi vencido porque seus pares não estavam afim de discutir problemas.

O melhor para a turma foi arranjar mais títulos de cidadão: Jota Luna e seu Cazuza, ainda sem data para entregar, e assim, quem sabe, tentar chegar ao fim do ano sem abrir o microfone às críticas.

NOTA À MARGEM: Por óbvio que alguns cidadãos como o professor Francisco Nery Jr., por exemplo, são merecedores da honraria, têm grande atuação na cidade, Nery vive em Paulo Afonso há 40 anos, além de ter uma história de destaque na educação e na defesa do meio ambiente.

Justa homenagem ao professor Francisco Nery

O que se está criticando é drible que se dá na democracia, em princípio por comodismo e depois pela certeza de que o povo é incapaz de reagir.

O telefone não pára, são denÚncias para todos os lados, e será que a consciência desses políticos não pesa?

Há pessoas que correm o risco de ficar sem água em casa, porque a conta chegou alta e se multiplicam as queixas, há povoados em que a água falta por intermináveis dias, e na Câmara ninguém tem nada a dizer, não há, por isso mesmo, qualquer movimento no sentido de fazer as Comissões fiscalizarem a máquina pública. Tudo acontece como Deus quer.

Assim, quem já está ganhando continua numa boa, no caso, os excelentíssimos e, quem está perdendo continua na pior, no caso, o povo.

 

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política

Fonte: Ozildo Alves


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!