CARTA ABERTA AOS PREFEITOS E DEMAIS AUTORIDADES DE PAULO AFONSO, GLÓRIA, RODELAS, ABARÉ E CURAÇÁ, MUNICÍPIOS ABRANGIDAS PELO PROJETO ITAPARICA

18/08/2015 17:42

Os trabalhadores da Hidrosondas, lotados nos Projetos de irrigação de Glória, Rodelas e Pedra Branca (municípios de Abaré e Curaçá), todos localizados no Estado da Bahia, representados pelo SINDPEC e terceirizados a serviço da CODEVASF, RATIFICANDO E COMPLEMENTANDO as informações contidas na carta aberta de julho último, voltam a público para expor o DESCASO que o Governo Federal vem tendo com os trabalhadores e os desdobramentos das conversações com os representantes da Casa Civil, CHESF, CODEVASF, Ministério da Integração, Minas e Energia, Ministério da Fazenda e SINDPEC, no dia 18 de junho de 2015.

Na ocasião os representantes do Governo apresentaram uma agenda de compromissos para regularizar as faturas em atraso, sendo duas por mês. Os pagamentos de janeiro e fevereiro do ano corrente deveriam estar em conta na segunda-feira, 22 de junho, totalizando um montante de mais de R$1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), pois este recurso estaria sendo autorizado naquele mesmo dia, segundo o representante do Governo. Também foi acordado o pagamento da primeira parcela para as empresas Plena e CGB, no valor de R$1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais), e que até o dia 30 de junho seria repassado, mais uma fatura, para que as empresas honrassem seus compromissos. No entanto, foram regularizadas apenas as faturas de janeiro e fevereiro.

O Superintendente Regional da CODEVASF Sr. Alaôr Grangeon de Siqueira emitiu uma Nota Informativa, na qual se reportava a reunião do dia 18/06/2015, comunicando do compromisso assumido pelos representantes do Governo de que até o final do mês de junho seria emitida uma Portaria Ministerial liberando orçamento extraordinário para quitar as faturas pendentes, o que não aconteceu.

Com conhecimento de uma nova reunião, no dia 22 de julho, em Petrolina-PE, com o Polo Sindical, solicitamos uma nova reunião, o que foi atendido, porém, para nossa surpresa fomos recebidos pelo representante da Secretaria Geral da Presidência da República, Sr. José Tadeu Almeida, que adotou uma postura pouco cordial e atitudes ameaçadoras com as lideranças sindicais, durante toda reunião. O que consideramos uma clara tentativa de não buscar um diálogo sobre a real situação dos trabalhadores do Projeto de Itaparica. Por fim, o Sr. José Tadeu Almeida encerrou a reunião sem assumir nenhum compromisso com as lideranças e os trabalhadores, informando apenas que até o dia 27 de julho, estaria mantendo contato, o que não aconteceu. Assim sendo, permanece a mesma situação dos trabalhadores que estão sem receber os salários a mais de noventa dias.

Diante desta situação, os trabalhadores de Glória, Rodelas e Pedra Branca em Assembleia definiram mobilização com ações conjuntas. Entre elas uma paralisação de protesto no dia 14 de agosto; uma nova Assembleia nos três projetos, no dia 15 de agosto e greve por tempo indeterminado a partir do dia 17 de agosto, caso não seja atendida a urgente necessidade de todos os trabalhadores.

Lembramos que o pagamento dos salários garante a sobrevivência dos trabalhadores e suas famílias e que o mesmo é fruto do trabalho realizado com dedicação, compromisso e afinco. Portanto, temos a esperança de que o Governo Federal mude a postura e respeite os Trabalhadores enquanto cidadãos.

SINDPEC – SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE ASSESSORAMENTO, PERÍCIAS, INFORMAÇÕES E PESQUISAS NO ESTADO DA BAHIA.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!