Combates e bombardeios resultam na morte de ao menos 120 membros do EI

01/03/2016 22:15
Combates e bombardeios resultam na morte de ao menos 120 membros do EI
Foto: Reprodução / CNN
Ao menos 120 integrantes do grupo extremista Estado Islâmico (EI) morreram entre o último sábado (27) e a segunda-feira (29), durante uma ofensiva dos radicais em áreas controladas pelos curdos no norte da Síria. Segundo informações da Agência Lusa, as mortes foram confirmadas pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos nesta terça-feira (1º). A entidade divulgou que os membros do EI morreram em bombardeios da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos e em combates contra as Unidades de Proteção do Povo, braço armado da organização política dos curdos na Síria. O conflito aconteceu em ataque contra o povoado de Tel Abiad, no norte da província de Al Raqa. O EI começou o ataque nas primeiras horas de sábado, contra a cidade de Tel Abiad e a sua periferia, localizada na fronteira com a Turquia. As forças curdas, que tomaram áreas ocupadas pelo grupo radical, como Abu Hamam e Jusur, revidaram. Os combates ainda prosseguiam até a madrugada desta segunda (29), nas povoações de Mabruka e Kantari, no norte de Al Raqa. Do outro lado, 29 combatentes de milícias curdas na Síria também foram mortos. Fonte: CNN

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!