"DEUS É BAGULHO MUITO DOIDO" - KANNÁRIO

24/02/2015 13:30
Em entrevista ao jornal O Globo, Kannário comenta: 'Deus é um bagulho muito doido'
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Foto: Divulgação
 
O cantor Igor Kannário foi o destaque do jornal carioca O Globo na edição desta segunda-feira (23). Em entrevista à publicação, o artista falou sobre o sucesso e o retorno ao Carnaval de Salvador, depois de dois anos fora.
 
"O Carnaval da Bahia é a vitrine de todo artista, a Copa do Mundo. Quando você se vê fora desse campeonato, bate um desespero", contou Kannário. Para ele, a parte mais difícil da transição na sua carreira é ser um exemplo para os outros.
 
"Estou melhor assessorado. Essa coisa de ser exemplo é difícil. Mesmo que não queira, tenho que me policiar por conta das crianças e dos adolescentes", afirmou o cantor. O artista foi elogiado por Caetano Veloso e pelo secretário de cultura do Estado, Jorge Portugal, que o comparou com o cantor Geraldo Vandré.
 
"Ele tem uma pegada de protesto social e atitude rocker, dedo em riste. Minha geração teve Geraldo Vandré com 'vamos embora que esperar não é saber'. A de hoje tem Kannário com 'tudo nosso, nada deles'", disse Portugal. Sobre a virada na sua carreira nos últimos meses, Kannário preferiu atribuir o sucesso aos trabalhos divinos.
 
"Uma hora você está em casa, na outra é preso. Num dia você está dormindo, no outro acorda como sensação do Carnaval. Deus é um bagulho muito doido", concluiu.
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!