Dilma repudia racismo no futebol e se solidariza com o jogador Tinga

15/02/2014 09:21

Twitter
A presidenta Dilma Rousseff repudiou o racismo no futebol e se solidarizou com o jogador Tinga, do Cruzeiro, que foi vítima de racismo em partida realizada ontem no Peru contra o Real Garcilaso, pela Libertadores da América. Em sua conta no Twitter, Dilma afirmou que o episódio foi lamentável. Ela disse ainda que o Brasil utilizará a Copa do Mundo para levar a mensagem de combate ao racismo a todos os países.

“Foi lamentável o episódio de racismo contra o jogador Tinga, do Cruzeiro, no jogo de ontem, no Peru. Ao sair do jogo, Tinga disse que trocaria seus títulos por um mundo com igualdade entre as raças. Por isso, hoje o Brasil inteiro está fechado com o Tinga. Acertei com a ONU e a FIFA que a nossa Copa das Copas também será a Copa contra o racismo. Porque o esporte não deve ser jamais palco para o preconceito”.
www.chorrochoonline.com
Fonte: Blog do Planalto

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!