Elysium: Filme que tem os brasileiros Alice Braga e Wagner Moura. Estúdio e diretor são processados por plágio

12/10/2013 10:58
Elysium já arrecadou mais de US$ 270 milhões nos cinemas mundiais

O diretor de Elysium, Neill Blomkamp (Distrito 9), a Sony Pictures e os produtores do filme estão sendo processados pelo roteirista Steve Wilson Briggs por violação dos direitos autorais, segundo o The Wrap.

Briggs entrou com o processo na terça-feira (8) na Califórnia. Ele afirma que Elysium tem muitas semelhanças com o seu roteiro, intitulado Butterfly Driver.

Segundo documentos do processo, as semelhanças estão na história, no enredo, nos personagens, nos temas, nos conflitos e até nas reviravoltas. Ou seja, tudo.

Elysium é ambientado em 2154, momento de decadência da raça humana, no qual os ricos vivem numa luxuosa estação espacial e o resto da humanidade luta para sobreviver numa Terra devastada. Robôs, modificações cibernéticas e opressão de corporações fazem parte da história.

No processo, o escritor afirma que os réus tiveram acesso ao seu trabalho, finalizado em maio de 2005. Em 2007, ele publicou a história na íntegra no site de roteiros TriggerStreet.com, cujos donos são Kevin Spacey e Dana Brunetti. O autor afirmou que, por meio desse site, Blomkamp e os produtores tiveram acesso ao texto.

O TheWrap afirma ter lido a história e, de fato, há muitas semelhanças entre os dois roteiros, mas o site também lembra que este tipo de acusação é comum em Hollywood.

Elysium, que também tem os brasileiros Alice Braga e Wagner Moura no elenco, já arrecadou mais de US$ 270 milhões nos cinemas mundiais. No Brasil, foi o mais visto por duas semanas consecutivas e, em apenas três semanas, já levou mais de um milhão de pessoas ao cinema.

www.chorrochoonline.com

CONECTADO COM VOCÊ

Fonte: R7.com

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!