ESPORTE: WERDUN FINALIZA VELASQUEZ EM LUTA ÉPICA E CONQUISTA CINTURÃO DOS PESADOS DO UFC

14/06/2015 11:49
AG.FIGHT

 

Fabrício Werdum fez história nessa noite de sábado (13), na capital mexicana,ao finalizar Cain Velasquez e unificar o cinturão dos pesados do UFC. O gaúcho mais uma vez mostrou a sua bravura ao assimilar uma verdadeira surra do americano no primeiro round e voltar para a segunda parcial como se nada tivesse acontecido.

 

 
Se dizem que de virada é mais gostoso, a vitória do brasileiro por finalização no terceiro round teve um sabor maior ainda e coroou o Brasil com o terceiro cinturão na maior organização de MMA do planeta, ao lado de José Aldo (66kg) e Rafael dos Anjos (70kg).
 
A luta
 
Velaquez começou a luta da maneira habitual, pressionando o o adversário na grade e minando a resistência de Werdum aos poucos. O americano chegou a conseguir um rápido knockdown no primeiro round, impôs seu jogo de espremer na grade e acertou as melhores combinações. Werdum conseguiu uma rápida queda, mas o americano logo voltou de pé.
 
No segundo round, os atletas partiram para a trocação franca e a luta pegou fogo. O brasileiro voltou recuperado e levou claramente a melhor, desfigurando 0 rosto de Cain e quase conseguindo um nocaute com boas combinações de socos retos e joelhadas no rosto do rival, que estava visivelmente fora de ritmo
 
Na terceira parcial, Velasquez voltou totalmente exausto após o atraso levado no round anterior e o brasileiro encontrou completamente a distância, desferindo socos limpos no rosto de Velasquez, que não conseguia reagir diante do massacre. Desesperado, o americano foi com tudo em busca da queda para fugir da trocação, mas caiu em uma armadilha do gaúcho, que quando levou uma 'double leg', já caiu com a guilhotina encaixada e sorrindo. Foram poucos segundos até Velasquez ser estrangulado, obrigado a dar os três tapinhas e perder o cinturão dos pesados do UFC.
 
Após a luta, o emocionado brasileiro enalteceu o adversário e revelou que treinou exaustivamente o movimento que lhe rendeu o cinturão. "Respeito muito o Velasquez, que é um cara duríssimo e com certeza eu daria uma revanche a ele. Treinei muito a guilhotina porque sabia que ele iria entrar nas minhas pernas, foi muita repetição e deu certo, agora é comemorar", disse o novo campeão.
 
Já Velasquez foi econômico nas palavras e, com o rosto completamente amassado, pediu desculpas ao público que lotou a arena "México City". "Peço perdão a todos aqui, tenho que voltar a treinar, peço desculpas a todos, mas na próxima a gente ganha. Irei voltar melhor", lamentou.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!