ESTADOS CORTAM 4,96 BILHÕES E DEMITEM 4 MIL FUNCIONÁRIOS

19/08/2013 12:48

 

   

Os governos afirmam que as medidas são necessárias ante a queda de receita.O Estado cortou 12% do orçamento do ano e adiou construção de moradias e reformas de escolas e presídios.

Vinte estados afirmaram à Folha que adotaram “medidas de austeridade” este ano, entre cancelamento de obras e consultorias, parcelamento de reajustes aos servidores e até tentativa de redução salarial de governadores, como uma consequência do ritmo fraco da economia. Com os cortes e reduções de despesas, o enxugamento nas unidades federativas chega a R$ 9,6 bilhões. Além disso, 4 mil funcionários foram dispensados e seis secretarias extintas, de acordo com a publicação.

A maioria dos governos se queixa do fraco desempenho das transferências federais, como o FPE (Fundo de Participação dos Estados), afetado pelas desonerações feitas pelo Planalto na tentativa de acelerar a economia.

 

www.chorrochoonline.com

CONECTADO COM VOCÊ

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!