Ex-senador Pedro Simon relembra a trajetória da corrupção na história recente do país

14/05/2015 11:45
Ex-senador Pedro Simon relembra a trajetória da corrupção na história recente do país
Foto: Tacio Moreira/Metropress
Durante entrevista à Rádio Metrópole, o ex-senador gaúcho Pedro Simon (PMDB-RS) comparou os casos de corrupção na Petrobras e no Partido dos Trabalhados com outros episódios de desvio que marcaram a política brasileira. "O Collor perdeu o mandato, foi cassado. O seu PC Farias foi cassado. Se voltássemos no tempo, isso era pra ser decidido nos pequenas causas. Ai veio o mensalão, brigamos por um CPI dos empreiteiros. Nunca se conseguiu. Teve o episódio de FHC com a Vale do Rio Doce,  que não foi venda, foi doação", lembrou. 

Simon ainda comentou a trajetória de Lula até a presidência do Brasil. "Tinha perdido três candidaturas à presidente, saiu com seriedade, perdeu com seriedade. Ganhou na quarta, Duda Mendonça botou nele uma barba bonitinha, fez uma roupa de empreiteiro. Fez ele fazer curso de linguagem. Iniciou o governo e, la pelas tantas aparece o primeiro escândalo: Cachoeira. Fui pra tribuna do Senado, hoje o presidente vai demitir. não demitiu. Levou um ano, criamos a CPI e depois veio o mensalão", recorda.
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento cultura e política
Fonte: Metro 1

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!