Exclusivo: Prefeitura de Paulo Afonso cria comissão para realização de Concurso Público

17/06/2016 12:19

Com a publicação do Decreto, nº 5038, publicado no Diário Oficial do Município no último dia 13 de junho, a Prefeitura de Paulo Afonso dá início ao processo para a elaboração de um edital para Concurso Públicopara compor o quadro de funcionários efetivos do Município, porém, somente para alguns cargos específicos frustrando mais uma vez a maioria da população que espera há anos pela realização de um concurso geral na cidade.

Assinado pelo prefeito Anilton Bastos (PDT) e pelo secretário de Administração, Valdenor Teixeira, o decreto cria a Comissão Especial para elaboração de termo de referência, realização, fiscalização e acompanhamento do Concurso Público destinado ao provimento de cargos efetivos do quadro de Médicos, Equipe Técnica de Fiscalização Ambiental composta por (01 Biólogo01 Agrônomo 02 Nível Médio) e Equipe de Licenciamento Ambiental composta por (01 Engenheiro Agrônomo01 Engenheiro de Pesca01 Biólogo e 01 profissional do meio social – Sociólogo; Psicólogo; Pedagogo; Assistente Social e Geográfico).

A Comissão Especial composta pelos secretários municipais Alexei Vinícius (Saúde) e Wilson Pereira (Infraestrutura e Meio Ambiente) e pela advogada Eça Katterine, terá como competência emitir pareceres e termos de recebimento nos documentos elaborados pela empresa vencedora do certame licitatório, bem como, no relatório final que encaminha o resultado das provas objetivas para todos os cargos do referido concurso público e promover a publicação do resultado final, entre outras.

Também foi atribuído a referida comissão encaminhar até o dia 10 de junho de 2016, o Termo de Referência para licitação da empresa que será responsável pela realização do concurso público. A data para a licitação ainda não foi divulgada pela prefeitura.

Caso aconteça até o final do ano, esse será o primeiro concurso público realizado pelo prefeito Anilton Bastos nos seus oito anos de mandato. Apesar das determinações da Justiça, o prefeito ignorava e insistia nas contratações irregulares, segundo denunciou Ação Popular contra Anilton e acatada pelo juiz Adriano Vieira de Almeida que determinou a suspenção de todos os processos seletivos destinados à contratações de servidores temporários em curso e novas contratações.

O prefeito de Paulo Afonso, Anilton Bastos (PDT) é acusado de crime de responsabilidade em outra Ação Popular por descumprir ordem liminar uma vez que continuava a praticar as contratações temporárias. Na nova ação popular foi solicitado inclusive o afastamento do prefeito pelo crime cometido, o juiz ainda não analisou o pedido (Veja AQUI).

 

www.chorrochoonline.com

Fonte: Ozildo Alves
 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!