Chorrochó: Exército bota rastreadores nos carros pipas

17/03/2015 15:12

             

O Exército Brasileiro decidiu, em boa hora, botar sensores nos carros pipas que transportam água para os sertanejos atingidos pela seca. A partir de agora, os caminhões e os motoristas terão seus percursos monitorados e se aparecer algum sabidinho querendo receber pelo que não fez, vai se estrepar.

De acordo com o Comandante da Operação Pipa Major Castelo Branco, o motorista terá que bipar com o cartão no manancial e depois bipar no final da rota, além do morador cadastrado que tem um cartão que será passado no sensor de identificação(Leitor de Cartão) comprovando que a água chegou aquela determinada rota.

Se por ventura o motorista esquece de bipar no manancial e lembrar no meio do percurso, ele tem que voltar para o manancial para bipar. O rastreador usa dois chips, um da vivo e outro da claro, e quando estiver em área de cobertura, ele transmitirá todos os dados coletados para uma central do Exército. Com essa medida outro veículo não poderá suprir a falta de um colega como acontece, pois, seu pipa estará sendo monitorado. Em Chorrochó o sistema já vinha funcionando há de oito (08) meses e nesta segunda - feira todos os 21 carros pipas envolvidos na Operação Pipa realizaram revisão e instalação dos rastreadores.

 

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política

Atenção não autorizo nenhum Blog trocar a foto da matéria


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!