Fenômeno em 2010, Tiririca anuncia que vai continuar na vida política

28/05/2013 19:46

Partido quer aproveitar populatidade do deputado mais votado do País, com 1,5 milhão de votos

Fenômeno em 2010, Tiririca anuncia que vai continuar na vida política

 

 

"Humorista, no entanto, não garantiu que vá tentar nova candidatura em 2014"

BRASÍLIA - O deputado Tiririca (PR-SP) anunciou nesta terça-feira, 28, que seu contrato com a TV Record foi rompido e que pretende continuar na vida pública, ao contrário dos sinais que tinha emitido antes. Em reunião com membros da executiva do seu partido, ficou decidido que o PR vai organizar caravana pelas 50 maiores cidades do estado de São Paulo para aproveitar a popularidade do deputado artista, que foi o mais votado do País com 1,5 milhão de votos.

O rompimento do contrato com a TV Record, uma das principais fontes de renda de Tiririca, ocorreu porque a emissora não aceitou a proposta do artista de ter um programa exclusivo. "Eu rescindi o contrato com a Record. Foi legal, eu pedi um programa, eles disseram que não tinham projeto e aí eu pedi para fazer a rescisão sem multa".

O parlamentar afirmou que pretende usar o tempo que terá a mais para investir na vida pública. Confirmou que ficou "decepcionado" com o trabalho na Câmara no começo de seu mandato, mas disse que vai procurar se aproximar de seus eleitores. Como grande "realização", citou o fato de ser um dos 7 deputados a ter comparecido a todas as sessões de votação. Questionado sobre não ter feito nem um discurso sequer, Tiririca minimizou: "quando tiver alguma coisa para falar, eu falo".

Apesar de fazer o anúncio de sua permanência na vida pública, o artista não quis se comprometer com candidatura futura. O líder do seu partido, Anthony Garotinho (PR-RJ), afirmou que ele poderá disputar outro cargo e que pesquisas internas mostrariam uma boa avaliação do desempenho de Tiririca. O fato é que o gabinete do deputado passará por alterações. O secretário-geral do PR, Valdemar Costa Neto (SP), condenado no processo do mensalão, continua por trás dos movimentos do artista e já começou a coordenar as primeiras mudanças na equipe. A entrada de Tiririca na política em 2010 foi uma estratégia de Valdemar em busca de garantir sua própria reeleição, mas devido a coligações proporcionais PT e PC do B também se beneficiaram dos votos.

 

Redação do chorrochoonline.com

Fonte: MSN

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!