FILHA LÉSBICA MATA O PAI COM 13 FACADAS, POR ELE NÃO ACEITAR NAMORO COM OUTRA MENINA

12/06/2015 22:41

 
Na madrugada desta terça-feira (9), Kimberlin Keyce de Jesus da Silva, 19 anos, matou seu pai Kedison Barbosa da Silva, de 41, com 13 facadas. O caso aconteceu no bairro Nova Cidade, na zona Norte de Manaus. Presa em flagrante por policiais militares da 15ª Cicom, na manhã de terça, quando acionou o Samu para atender o pai com a alegação de que ele havia sido vítima de assalto, Kinberlin acabou confessando o crime ao delegado de Homicídios e
Sequestros.
 
 
 
Com a assassina confessa, a polícia encontrou um terçado, uma enxada e uma mala. O plano era esquartejar o corpo, embalar na mala e enterrá-lo no quintal da casa, que era de propriedade do pai
 
 
Em depoimento cheio de contradições, Kimberlin tentou levar a polícia a acreditar inicialmente que era vítima de abuso sexual por parte do pai. E que teria sido durante uma dessas sessões, na madrugada de terça-feira, que desferira uma facada no pescoço de Kedison e em seguida amarrara suas mãos e pés para terminar o ato assassino. 
 
 
Outro momento, a acusada acabou assumindo a verdade e disse que o pai não aceitava que ela mantivesse um relacionamento lésbico com outra garota. O delegado Ivo Martins, contudo, disse acreditar que o verdadeiro motivo do crime seria o interesse da filha em ficar com a casa do pai e levar sua namorada para morar juntas. Inclusive, pertences da namorada já tinham sido levados para dentro da casa nesta semana.
 
 
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento cultura e política
Fonte: Mural

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!