Fim da linha: Polícia apresenta quadrilha especializada em assaltos a banco

14/03/2014 21:53
Doze integrantes de uma quadrilha especializada em explosão a caixas eletrônicos, formada por baianos e paulistas, foram apresentados na tarde de ontem (13), no auditório da Secretaria da Segurança Pública, no Centro Administrativo da Bahia. As prisões foram realizadas nas cidades de Esplanada, Conde e Feira de Santana por componentes da Companhia Independente da Polícia Militar/Litoral Norte, do 3º Pelotão da PM de Esplanada e do Grupo de Repressão a Roubos Contra Instituições Financeiras (Garrcif) da Polícia Civil. Conforme nota Ascom – Polícia Civil.
O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, apresentou os resultados da operação, destacando o total de assaltantes de banco presos (32) e armas apreendidas (16) só este ano. Ele também comentou a migração de ladrões de instituições bancárias para a Bahia , problema que, segundo ele, afeta o país. “Em todo o Brasil, sofremos com a falta de controle dos explosivos”, ressaltou, observando que “também é necessário se cobrar das instituições bancárias um investimento maior em itens de prevenção”.


Suspeito de participação em ataques a, pelo menos, nove instituições financeiras, entre elas bancos dos municípios de Alagoinhas, Mata de São João, Esplanada e Inhambupe, o bando se preparava para atuar no Conde, conforme revelou o coordenador do 3ª Pelotão da PM, capitão Luiz Fernando. “Nós já investigávamos a presença dos paulistas na cidade e, na última terça-feira, fomos acionados por uma vítima de assalto, que teve o carro tomado pelo grupo”, informou o capitão, que acredita que o veículo seria utilizado para uma nova investida da quadrilha.

 

O sotaque diferente dos assaltantes, já investigados por assalto a banco na região, foi uma das pistas que levou a polícia a ligar a participação deles no assalto. Nas buscas pelo carro roubado, os policiais conseguiram chegar a uma parte da quadrilha, que sofreu um acidente na estrada, durante a fuga. Outros integrantes foram capturados num sítio utilizado como ponto de encontro dos bandidos. Também houve prisões no povoado de Altamira, localizado entre Esplanada e Conde.
O último do grupo foi localizado na cidade de Feira de Santana, abordado num ônibus da empresa São Geraldo, procedente de São Paulo, com quatro pistolas (duas da PM paulista) e um revólver calibre 38. Três bisnagas de emulsão explosiva e um colete balístico da Polícia Civil de São Paulo também foram apreendidos na operação.

 

O mais jovem, Pedro de Carvalho Lins Pondé, o Peu, 22, é o único morador de Esplanada e apontado como articulador do grupo. Era ele quem passava todas as informações do município, inclusive sobre as ações da polícia local, para a quadrilha.
 
Além de Peu, foram presos na operação Paulo Ricardo da Silva, 23 anos, Luis Eduardo da Silva Sini, 27, Marcos Antônio Barbosa, 27, Rogério Machado Rodrigues, 35, Samuel Fernando Bezerra Nonato, 25, Cleidson Natan Santos do Nascimento, 23, Eduardo Andrade Guimarães, 33, Adelson Santos Mendes, 41, Ademir Santos Mendes, 37, Marco Aurélio Garcia Sesse, 34, e José Clemar Tabosa, 49.
 
Legenda: Presa no interior da Bahia, a quadrilha tinha, entre seus integrantes, seis criminosos procedentes de São Paulo. (Bocão News)
 
 
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!