Governo faz contraproposta e greve da EBDA pode chegar ao fim

15/07/2014 07:56

Governador Jaques Wagner e membros do SINTAGRI

Uma audiência realizada com o governador Jaques Wagner e membros do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Área Agrícola da Bahia (SINTAGRI) nesta segunda-feira, pode pôr fim a greve que já dura 110 dias dos servidores da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). A informação foi confirmada pelo diretor de comunicação da SINTAGRI, José Augusto Brito, depois do governo do Estado apresentar a proposta de R$ 90 milhões em 60 meses, com juros a partir do 36º mês, relativo ao pagamento dos dissídios coletivos de 1997, 1999 e 2003, período em que o DEM governou a Bahia. “A reunião foi muito boa porque se chegou a uma nova proposta que será colocada na assembleia amanhã da categoria e a gente acredita que possa ser aceita, se firmar o acordo e acabar a greve”, destacou Brito. De acordo com o deputado Marcelino Galo (PT), que intermediou a reunião,  a reestruturação da empresa responsável por prestar assistência técnica rural a mais de 665 mil famílias de agricultores familiares do estado também esteve na pauta do encontro. Galo classificou o acordo como histórico e destacou a “determinação do governador em resolver a questão”. “É um acordo histórico. Uma questão que vinha se arrastando ao longo de oito anos e onde se resolveu com o estado indo ao limite de suas possibilidades para poder incorporar a proposta dos trabalhadores”, frisou Marcelino. “Pelo que foi acordado pela diretoria do sindicato a gente espera que seja aprovado em assembleia geral e que venha se discutir a partir da questão financeira sanada, a reestruturação da EBDA, o seu papel fundamental junto à agricultura familiar, com a prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural”, pontuou o petista, que é engenheiro agrônomo. Também participaram da audiência o secretário da fazenda Manoel Vitorino, o secretário da Agricultura Jairo Carneiro, o presidente da EBDA Elionaldo de Faro Teles, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Zé Neto, e o procurador Geral do Estado Rui Moraes.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!