Hamas reivindica autoria de atentado em centro comercial de luxo de Tel Aviv

09/06/2016 17:51

O grupo extremista islâmico Hamas, que comanda a Faixa de Gaza, reivindicou na manhã de hoje (9) a autoria do atentado ocorrido ontem (8) à noite, em um centro comercial de luxo, em Tel-Aviv, em Israel, quando dois atiradores palestinos abriram fogo contra israelenses que estavam o Sarona Market. De acordo com a imprensa palestina, os dois jovens foram identificados como Muhammad e Khalid Muhamra. Ontem mesmo o grupo já havia se manifestado, pelo Twitter, comemorando o ataque e anunciando possíveis novos atentados durante o Ramadã, que começou na segunda-feira (6). O Ramadã é o mês de jejum dos muçulmanos e um dos cinco pilares do Islã. Mohammad e Khalid eram primos e viviam no povoado de Yatta, na Cisjordânia, próximo a Hebron e a mais ou menos 50 quilômetros de Tel Aviv. Por causa do atentado, o governo israelense suspendeu mais de duzentas permissões de trabalho de palestinos residentes em Yatta, todos familiares de Muhammad e Khalid. E, segundo a imprensa israelense, outras 83 mil permissões a palestinos podem ser suspensas. (Política Livre)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!