Indignados com atraso no pagamento, pipeiros cobram posicionamento do 72° BIMtz

07/04/2016 13:12

operação pipa juazeiro

Os pipeiros que trabalham na ‘Operação Pipa’, gerenciada pelo 72º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército (72° BIMtz) em Petrolina, têm amargado, mais uma vez, com os atrasos no pagamento.

Segundo denúncias enviadas ao Blog por trabalhadores que pediram anonimato, os profissionais estariam sem receber seus pagamentos há mais de três meses e os prejuízos começam a surgir.

Ainda de acordo com os pipeiros, o atraso provoca grandes constrangimentos  já que, sem dinheiro, eles não conseguem pagar os postos de combustíveis onde abastassem os caminhões para trabalhar.

Ainda na manhã de hoje (7), tentamos contato com o 72° BIMtz para saber se há alguma previsão para o pagamento, mas fomos informados que apenas o capitão – que não se encontrava – poderia se pronunciar sobre o assunto. O Blog reserva espaço para que a instituição possa se pronunciar sobre o caso.

 

www.chorrochoonline.com

Informação entretneimento cultura e política

Fonte: Carlos Britto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!