José Ronaldo diz desconhecer pedido de prisão feito pelo Ministério Público

08/04/2014 13:28
José Ronaldo diz desconhecer pedido de prisão feito pelo Ministério Público
Foto: Manuela Cavadas/Metropress (arquivo)
O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), afirmou nesta terça-feira (8), em participação na segunda hora do Jornal da Bahia no Ar, que desconhece totalmente o pedido de prisão preventiva e a perda de seu mandato pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). "Fui informado pelo meu advogado que não há este tipo de pedido contra mim. O motorista era uma agente distrital, cumpria um papel funcional, foi encostado pelo INSS e disse o que quis", relatou. "Não contesto o Ministério Público, mas nenhum empregador é obrigado a saber se seu funcionário é encostado ou não pelo INSS. Não quero contestar nada do Ministério Público, porém, vou ter o direito, quando notificado, de me defender. Não há nenhum processo que me acuse de corrupção, minha obrigação é tratar as coisas com respeito e dignidade", completou.

Segundo o MP-BA, a ação contra o prefeito de Feira foi movida por conta da contratação do motorista Constantino Portugal dos Santos, aposentado por invalidez. Há indícios que ele nunca exerceu a função, mas seus vencimentos -- ele recebia um salário mínimo -- constavam na folha de pagamento entre 8 de novembro de 2005 e 7 de novembro de 2007.
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
Fonte: Metro1

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!