JUIZ DO CASO EIKE BATISTA DESVIOU MAIS DE 1 MILHÃO DE REAIS

14/03/2015 08:37
 
O juiz Flávio Roberto de Souza, foi afastado das funções por irregularidades no processo contra o empresário Eike Batista. Ele confessou ter desviado mais de R$ 1 milhão apreendidos por ordem judicial. A justiça quebrou o sigilo fiscal e bancário dele.
 
O juiz Flávio Roberto de Souza confessou, de acordo com o Ministério Público Federal, ter desviado 108 mil euros e US$ 150 mil. Um total de R$ 837 mil que estavam nos cofres da terceira vara criminal da Justiça Federal, no centro do Rio.
 
O dinheiro estava à disposição da Justiça em um processo de tráfico internacional de drogas. Segundo o Ministério Público, o juiz desviou ainda do mesmo processo criminal, R$ 290 mil depositados na Caixa Econômica Federal.
 
A Justiça autorizou a quebra dos sigilos fiscal e bancário do juiz. Flávio Roberto de Souza está sendo investigado por crimes como peculato, fraude processual e lavagem de dinheiro.
 
No mês passado, Flávio Roberto de Souza foi flagrado dirigindo um dos carros de luxo do empresário Eike Batista, que ele mesmo tinha mandado apreender. Segundo a Corregedoria da Justiça Federal, também sumiu dinheiro que pertencia ao empresário. Por conta das irregularidades, o juiz foi afastado do processo e depois das funções no tribunal.
 
O Ministério Público Federal pediu a prisão preventiva do juiz. Alegou que ele não estava dormindo no endereço conhecido pelas autoridades e que ocultar moeda estrangeira justificaria a prisão em flagrante. O Tribunal Regional Federal negou o pedido.
 
O advogado do juiz assinou um termo de confidencialidade com a Justiça e não se manifestou sobre a quebra de sigilo.
 
 
Fonte: G1

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!