Ministério avalia redução extrema de água em Sobradinho

06/11/2015 14:55
Ministério avalia redução extrema de água em Sobradinho
Foto: Reprodução / Natureza Brasileira
A situação alarmante da falta de água do Rio São Francisco levou o Ministério de Minas e Energia (MME) a examinar uma condição extrema para garantir o mínimo de água para o reservatório de Sobradinho, na Bahia. O ministro Eduardo Braga pediu ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) que avalie a possibilidade de reduzir a liberação de água de Sobradinho para apenas 400 metros cúbicos por segundo. Isso significa menos de um terço do volume mínimo que Sobradinho teria de entregar em condições normais, com 1.300 metros cúbicos por segundo. Hoje, o maior reservatório da Região Nordeste está com apenas 3% de sua capacidade plena de armazenamento, índice nunca visto desde 1979, quando foi fechado no sertão baiano. "A vazão atual está em 900 metros cúbicos, mas já decidimos reduzir para 800 e estamos em estudos para que caia para 700 metros", disse Braga. Segundo o ministro, a previsão é de que o reservatório chegue a apenas 1% de sua capacidade. "O pior cenário é zerar. Faremos o possível para evitar isso", garantiu.
 
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento cultura e política
Fonte: Bahia Notícias

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!