MOTORISTA DE EMPRESÁRIO BRASILEIRO MATA EX-SENADOR BOLIVIANO EM SÃO PAULO

06/04/2014 13:26
O ex-senador boliviano Andrés Guzmán e o empresário Olacyr de Moraes, em Moscou, postada no FB em outubro de 2013
O ex-senador boliviano, Andres Guzman, e o empresário Olacyr de Moraes
Texto: G1
 
Um ex-senador da Bolívia foi assassinado nesta sexta-feira (4) em São Paulo. O crime foi no bairro do Morumbi, perto do Palácio do Governo paulista.

 

 
Depois do crime, o silêncio.
Jornal Nacional: O que aconteceu?
Homem: Não tem nada.
Jornal Nacional: Por que que o senhor disparou a arma?
Homem: Não tem nada.
 
Segundo a polícia, Miguel Garcia Ferreira é motorista e trabalha há mais de 35 anos para o empresário Olacyr de Moraes, conhecido como o rei da soja. Nesta sexta-feira (4), por volta das 11 da manhã, Olacyr recebeu a visita do ex-senador boliviano Andres Fermin Guzman. Na saída, o motorista pediu uma carona para Guzman.

 
O motorista estava armado e, segundo a polícia, sabia que o ex-senador saía do encontro com R$ 400 mil, em dinheiro, em uma sacola. Na versão dele, o boliviano estava extorquindo Olacyr de Moraes. O motorista ainda não prestou depoimento, mas contou para os investigadores o que aconteceu nos três quilômetros que separam a casa do rei da soja do local do crime.
 
“Foi no caminho que ele resolveu dar um susto, mandando que ele parasse o carro e apontou a arma pedindo para que ele não fizesse aquele tipo de extorsão, ou tomada de dinheiro, em relação ao patrão dele, por quem ele tem muito carinho”, conta o delegado Wagner Giudice.
 
Miguel contou que o boliviano reagiu, e ele acabou atirando. Foram três disparos. Dois deles, na cabeça. O carro só parou depois de bater no poste. Miguel tentou fugir com o carro, mas o motor não funcionou. E policiais que passavam pelo local chegaram em tempo de prendê-lo, antes que ele pegasse carona com uma senhora que passava na rua. Segundo a polícia, depois de preso, Miguel confessou o crime.
 
“Contou tudo. ‘Eu sei que vou para a cadeia, tenho filho de nove anos, mas esse cara estava acabando com a vida do meu patrão, o meu patrão está doente, ele foi um homem muito bom para mim. E eu fui lá para assustar e acabou acontecendo essa tragédia ai’”, relata o delegado.
 
 
O ex-senador Andres Guzman foi funcionário de uma empresa de Olacyr de Moraes pelo menos até 2012. Nós procuramos o empresário para saber se Guzman ainda era empregado dele, mas não tivemos resposta.
 
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
Fonte: G1

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!