Mulher grava áudio do próprio assassinato; marido é preso

13/05/2016 18:14

Mulher grava áudio do próprio assassinato; marido é preso

Uma mulher foi morta a tiros pelo próprio marido no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. De acordo com a agência internacional AFP, Wesley Webb foi morta no último dia 2 de maio e gravou o áudio do crime em seu telefone celular. A informação foi confirmada pelas autoridades americanas. O crime aconteceu na casa onde o casal morava e os três filhos da vítima estavam na residência quando o crime aconteceu. Wesley estava numa discussão com o marido, Keith Robert Smith, e decidiu gravar a briga com um aplicativo do seu celular. Porém, ela não imaginava que seria morta durante a discussão. A briga começou porque Wesley decidiu sair de casa levando os filhos. Enquanto ela se preparava para ir embora, Keith pegou a arma e atirou na vítima. Ele ainda atirou em si mesmo, mas foi socorrido para um hospital e depois foi preso. A AFP informou que o áudio mostra também as primeiras palavras de Keith após atirar na esposa: "O que acha disso? É onde fomos parar." Ele foi acusado de homicídio nesta quarta-feira (11). “Este foi um assassinato selvagem, egoísta e covarde”, afirmou o promotor Thomas Hogan do distrito do Condado de Chester, que acompanha o caso. A história comoveu internautas, que criaram uma campanha para arrecadar fundos para bancar o funeral da vítima e ajudar os filhos dela. 

 

www.chorrochoonline

Informação entretenimento cultura e política

Fonte: Correio


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!