Nos EUA Obama se espanta ao descobrir que porte de armas diminui o crime

29/04/2015 22:55

Free-shotguns-in-15-cities-Armed-Citizen-Project-pushes-to-distribute-firearms

Obama pediu para cientistas fazerem um estudo para demonstrar que o porte de armas era responsável pelos crimes nos EUA, que por sinal são bem mais baixos que o Brasil por exemplo:tabela-desarmamento

Ele, em seu “Pré-Conceito” tinha certeza que o estudo provaria que o desarmamento era urgente, porém as estatísticas demonstraram o contrário.

Embora as estatísticas provem mais uma vez que desarmar a população leva a mais crimes violentos, o Presidente Barack Obama e sua comitiva do Congresso não pararam de fazer tudo ao seu alcance para dificultar que os americanos consigam armas de fogo legalmente.

Citando o tiroteio em massa do Sandy Hook no ano passado, os democratas alegaram que devemos restringir a posse de armas e tirar a Segunda Emenda para a segurança de nossas crianças e para o público em geral.

Mas um novo relatório encomendado pela Casa Branca intitulado Prioridades de Pesquisa para reduzir a ameaça de violência por armas de fogo confirmou o que muitos defensores de armas para defesa pessoal têm vindo a dizer há anos. O relatório, encomendado pelo presidente Obama com 23 ordens executivas assinadas na sequência do incidente Sandy Hook, pediu ao Centros de Controle de Doenças (CDC), o Conselho Nacional de Pesquisa e outras agências federais para identificar os “problemas mais comuns na violência com armas de fogo”.

Para a surpresa de seus autores e aqueles que sem dúvida teriam usado o relatório para restringir ainda mais o acesso a armas de fogo para defesa pessoal, o estudo constatou que a posse de armas realmente salva vidas e aqueles que têm uma arma de fogo à sua disposição aumentam suas chances de sobrevivência e reduz sua chance de lesão em caso de serem confrontados por um violento criminoso:

As estimativas dos inquéritos nacionais indicam que o uso de arma na defesa pelas vítimas, pelo menos, tão comum quanto o uso ofensivo por criminosos, variam de cerca de 500 mil para mais de 3 milhões por ano …

A estimativa de 3 milhões de utilizações defensivas por ano é baseado na extrapolação a partir de um pequeno número de respostas feitas a partir de mais do que 19 inquéritos nacionais. A ex-estimativa de 108 mil é difícil de interpretar porque os entrevistados não foram questionados especificamente sobre o uso de arma de defesa.

Questão diferente é se o uso defensivo de armas, numerosos ou raro que sejam, são eficazes na prevenção de lesões para a pessoa que empunha a arma. Estudos que avaliaram diretamente o efeito do uso de armas para defesa(isto é, os incidentes em que a arma foi “usado” pela vítima, no sentido de atacar ou ameaçar um criminoso) encontraram taxas de acidentes sempre inferiores para as armas utilizadas pela vitima da criminalidade em estratégias de auto-proteção.

Estudo completo disponível na Academia Nacional de Ciências

 


Além de provas contundentes de que possuir uma arma reduz as chances de lesão, quando atacadas, independentemente de você disparar a sua arma ou não, o novo relatório mostra que houve longo obscurecimento das estatísticas nacionais de décadas que têm sido utilizados para determinar o importância das armas em legítima defesa. Até este estudo tornar-se disponível, os políticos anti-armas muitas vezes citavam os números que indicam que apenas 108 mil pessoas por ano usavam armas em legítima defesa. O novo estudo sugere que esses números estavam fora por mais de 2500%.Considere-se que 3 milhões de pessoas usam uma arma para se defender de danos a cada ano. Isso significa que mais de 8.000 americanos todos os dias agem com força para evitar ferimentos ou morte para si ou para um membro da família.

O novo relatório da Casa Branca, juntamente com a evidência de Austrália , Grã-Bretanha e o Canadá mostra que o porte de arma pessoal é um caminho para diminuir a violência, ferimentos e morte.

O Presidente encomendou este estudo, na esperança de encontrar uma razão para ter mais leis anti-armas.

O que ele encontrou, no entanto, é que a resposta à violência armada na América é … armar mais americanos.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!