Operação desarticula esquema de R$ 11 mi em fraudes fiscais na BA

27/08/2015 09:54

Empresa do ramo de água mineral usava 'laranjas' para cometer fraudes.
Segundo investigação policial, esquema já durava cinco anos.

 

Uma força-tarefa da secretaria estadual da Fazenda (Sefaz-BA), da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual (MP-BA) desarticulou um esquema de sonegação e outras fraudes fiscais, a exemplo do uso de “laranjas”, na empresa Frésca, do ramo de água mineral.

A operação Sede de Justiça, deflagrada na manhã desta quinta-feira (27), cumpriu quatro mandados de prisão e seis de busca e apreensão em Salvador e Dias D’Ávila. De acordo com a Sefaz-BA, as investigações apontam que foram sonegados mais de R$ 11 milhões nos últimos cinco anos.

A empresa cometeu irregularidades como a falta de recolhimento do ICMS declarado e a utilização de artifícios no processo de produção e distribuição da água mineral engarrafada, a fim de escapar da tributação. Segundo a operação, a Frésca vendia produtos sem emitir documento fiscal, subfaturava as vendas de água mineral em garrafões de 20 litros e utilizava "sócio laranja" na composição societária da empresa. (G1 Bahia)

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!