OS FILHOS DOS CORONÉIS ABARÉ: UM BRASIL ESQUECIDO ONDE CRIANÇAS SE ARRISCAM EM EMBARCAÇÕES CAINDO AOS PEDAÇOS PARA CHEGAR A ESCOLA. ONDE EXISTEM AINDA ESCOLA FUNCIONANDO EM CASA DE TAIPA

06/09/2013 09:29

    UM BRASIL ESQUECIDO ONDE CRIANÇAS SE ARRISCAM EM EMBARCAÇÕES CAINDO AOS PEDAÇOS PARA CHEGAR A ESCOLA

 

Roberto Cabrini relata o dia a dia dos alunos que começam a ir para a escola em Abaré. O maior reporter investigativo do Brasil relata que o barco em que os alunos viagam esta caindo aos pedaços, entra água e não tem colete salva vidas, todos os dias a sensação é que a embarcação vai afundar.

Para facilitar o transporte dos alunos o governo doou uma lancha, mais ela esta ancorada a três metros da casa do homem mais poderoso da região. É dificil aceitar que uma uma lancha fica ancorada na região enquanto os alunos continuam se arriscando em embarcações caindo aos pedaços.

Em entrevista com o prefeito de Abaré Benedito disse: que a situação não esta boa devido ao pouco repasse, não tem dinheiro e disse que não sabe quantas escolas existem no municípío.

Cabrini pergunta: prefeito por que que a lancha que vale 200 mil não é usada para transportar os alunos. Benedito disse que não sabia informar sobre a lancha, depois disse a Cabrini que ia colocar pra funcionar a lancha na segunda-feira.

Às 5:30hs da manhã na segunda-feira Cabrini acompanha as crianças tem que acordar e se arrumar em 30 minutos. às 6:00hs da manhã meio hora depois já estão prontas e a mesma embarcação chega quase afundando e caindo aos pedaços é hora das crianças se arriscarem novamente.

O prefeito não compriu com o compromisso, a lancha permaneceu ancorada na casa do Secretário de Governo Delisio Oliveira.

Delisio disse: a lancha não esta na minha casa, esta  no porto que fica a pouco mais de três metros da sua casa e disse que a lancha não funciona por questões de economia e que existe um contrato com os barqueiros até o final do ano.

Abaré nas margens do rio são francisco sertão da bahia cidade com 14 mil habitantes esta nas mãos de  Delisio Oliveira e sua familia a mais três decada. Delisio é reverenciado por muitos e odiado por outros ja foi prefeito por duas vezes e é assim que muito ainda o conhecem. Delisio disse que anda sempre armado e que não nasceu pra morrer e que ninguem sai desarmado a noite aqui pois não tem segurança, e disse que é somente o secretário de adiministração e que não existe pau mandado em Abaré.

Todos os dias  debaixo do sol forte no sertão da Bahia Fernanda, Arielson e Elisiane caminham em direção a escola uma vida de sacrificios e que poucos parecem se preocupar com elas, a escola é uma casa de taipa sem água sem banheiro e sem luz na fazenda castainho município de Abaré.

A Secretária de Educação Joseane Ferreira Barbosa disse que muito mais apontados seriamos se deixassemos aquelas crianças sem o acesso ao conhecimento, ai sim nos estariamos afligindo totalmente a lei.

Outra escola localizada também na zona rural de Abaré é coberta do telhado é lona em pleno sertão baiano onde a temperatura pode chegar a 40 graus.

a professora disse que quando o sol esta bastante quente os alunos vão para um pé de arvoré e faz uma aula dinâmica diferente, a situação é complicada para trabalhar a lona é branca bastante quente.

Os alunos de uma escola com diferentes niveis escolares em uma sala de aula, os alunos não conseguem escrever uma frase (A CASA É PEQUENA), durante as gravações de Roberto Cabrini um bode interrompe e invade a sala de aula.

 

Roberto Cabrini: No fundo todas essas crianças parecem condenadas a não progredir como cidadãos, para elas chegar a universidade é um sonho tão distante quanto chuva no sertão.

 

                             www.chorrochoonline.com

                            CONECTADO COM VOCÊ

 

AGUARDEM MAIS INFORMAÇÕES


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!