PASTORES DA IGREJA UNIVERSAL SÃO CONDENADOS POR PEDIR VOTOS A FIEIS

13/10/2015 21:28
Os bispos da Igreja Universal do Reino de Deus, Daniel Francisco dos Santos e Aparecido dos Reis Júnior, foram condenados por fazer propaganda eleitoral às vésperas do pleito de 2014 em templos de Del Castilho e Nova Iguaçu. Por decisão da Justiça Eleitoral, os bispos ficarão inelegíveis por oito anos. Eles pediram votos para os candidatos a deputado federal Roberto Sales (PRB-RJ) e Rosângela Gomes (PRB-RJ); a deputado estadual Tia Ju (PRB-RJ), Benedito Alves (PMDB-RJ); e a Marcelo Crivella (PRB-RJ), que concorreu a governador. De todas as pessoas citadas, apenas Crivella não foi eleito. 
 
 

Além de pedir votos, os bispos pediam que os fiéis ligassem para os amigos e familiares para pedir votos aos candidatos e fazer boca de urna no dia da eleição. Daniel Santos e Júnior Reis ainda podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).“É fora de dúvida que os representados, valendo-se de sua condição de bispos daquela Igreja e utilizando-se de toda a sua estrutura, são capazes sim de desequilibrar as eleições em favor daqueles que pretende eleger; uma vez que os demais candidatos não a possuíam e, por isso, já iniciavam as eleições em desvantagem”, sustentou o procurador regional eleitoral Paulo Roberto Bérenger.

 
Bahia Notícias.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!