PAULO SOUTO PROPÕE A CRIAÇÃO DE CENTROS REGIONAIS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA

30/06/2014 12:57

“Vamos implantar centros de assistência médica para consultas e exames em cada região, para atender os baianos que hoje sofrem com a precariedade da saúde pública”, anunciou o candidato da oposição a governador, Paulo Souto, neste domingo (29), no espaço Gran Fest, em Irecê, onde participou de um encontro com lideranças políticas regionais, ao lado dos companheiros de chapa Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador). Para Souto, não há propaganda de governo que consiga esconder a realidade cruel de pessoas morrendo nas filas dos hospitais e esperando meses para realizar um simples exame. “Assim como na saúde, a tragédia se reproduz na segurança pública, com o descontrole total da criminalidade e da violência, bem como na educação, cujo descaso fulmina o futuro de nossos jovens”. 

Paulo Souto ainda assumiu o compromisso de interligar, caso seja eleito, as regiões produtoras de Irecê, Barreiras e Juazeiro com a construção de uma estrada entre Sento Sé e Xique-Xique. “Com a integração, vamos fortalecer as economias regionais”. O evento deixou evidente que a onda azul se espraia por todo o interior da Bahia. Comitivas de Xique-Xique, Central, Itaguaçu, Ibititá, Canarana e Ibipeba lotaram o espaço Gran Fest, onde o ex-petista Militão liderava um grupo com representantes de Lapão e de várias outras cidades. 

Em seu pronunciamento, Militão advertiu a chapa de seu ex-partido, o PT: “Não chame gente séria de mentirosa”. Já o prefeito de Irecê, Luizinho Sobral, enfatizou a necessidade de recuperação da saúde pública na Bahia, que vive um verdadeiro caos. No encontro político, o ex-prefeito do município, Beto Lélis, lembrou que, quando esteve à frente da cidade e Paulo Souto era governador, mesmo na oposição, sempre foi tratado de forma republicana e honesta. Destacando os bons projetos soutistas na região, ele afirmou que Paulo Souto era um estadista. “Com Souto governador e Geddel no Senado vamos tirar a Bahia desse estado de letargia e corrupção em que se encontra”. 

O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, observou que a chapa da oposição reúne um apoio recorde de partidos políticos. “Isso não é comum no mundo político. Só quem tem o povo ao lado detém essa força. A Bahia quer mudar de verdade”. O candidato a senador, Geddel Vieira Lima, condenou os gastos exorbitantes do governo petista com propaganda, quando deveria destinar tanto dinheiro para as necessidades básicas como segurança, saúde e educação. “Não adianta ficar propagandeando na TV que a Bahia vai bem, que a polícia melhorou, quando 37 mil baianos foram assassinatos nos últimos sete anos e meio e a polícia fez duas greves em dois anos”, afirmou. Para Geddel, o PT só aproveitou a conquista do poder na Bahia para melhorar a vida dos próprios petistas.

 

www.chorrochoonline.com

Informação Entretenimento e Cultura

Ascom DEM BA Foto: Valter Pontes

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!