PCC movimenta mais de 100 milhões na China e EUA

18/01/2015 21:57

Dinheiro da facção criminosa era lavado no Brasil por meio de farmácias e postos de combustível

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Quase seis meses depois de fazer uma das maiores operações contra a facção criminosa PCC, o Primeiro Comando da Capital, a polícia de São Paulo descobriu que as ramificações financeiras do grupo vão além da América do Sul.

No fim do ano passado, Os investigadores da Polícia Civil e do Ministério Público apuraram que a organização tem movimentado contas em bancos dos Estados Unidos e da China.

É a primeira vez que recursos do grupo estariam fora do território sul-americano. Até então, a polícia apurava se havia elo com outras quadrilhas internacionais, mas cada uma atuando em seu próprio país.

Em uma primeira análise, a polícia constatou que, no período de um ano, cerca de 100 milhões de reais saíram de contas de empresas fantasmas para comprar drogas e armas que tiveram como destino os pontos de venda de droga, as chamadas bocas de fumo, de vários municípios paulistas.

O valor deve ser ainda maior, já que os policiais agora aguardam a quebra de sigilo de ao menos dez contas que estariam em nome de laranjas do PCC.  (Do El País - Afonso Benites)

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!