Pesquisa internacional coloca o Brasil no topo de ranking de violência contra professores

28/08/2014 20:44
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O Brasil é o país mais violento do mundo com os seus professores. Em uma pesquisa realizada em 34 países pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), com mais de 100 mil docentes e diretores do ensino fundamental e do ensino médio, com alunos de 11 a 16 anos, ao redor do mundo, o país ficou no topo do ranking de violência em escolas. "A escola hoje está mais aberta à sociedade. Os alunos levam para a aula seus problemas cotidianos", afirmou Dirk Van Damme, chefe da divisão de inovação e medição de progressos em educação da OCDE, em entrevista à BBC Brasil. Na enquete, 12,5% dos professores entrevistados no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou intimidações de alunos ao menos uma vez por semana, o índice mais alto dentre os países abordados. A média internacional foi de 3,4 %. O Brasil é seguido pela Estônia (11%) e Austrália (9,7%). Romênia, Coreia do Sul e Malásia apresentaram índice zero. A pesquisa também questionou sobre a valorização do papel do professor na sociedade, registrando um índice de 12,6% entre os entrevistados brasileiros. Esse número é inferior à média global, que alcança 31%. O Brasil está entre os 10 últimos colocados neste quesito, perdendo para a Eslováquia (3,9%), França e Suécia (4,9%). (O Globo)
 
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!