Polícia Federal erradica 329 mil pés de maconha no Sertão de PE

07/09/2015 10:58
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A Polícia Federal (PF), divulgou neste domingo (6), o balanço da 'Operação Expurgo IV', realizada entre os dias 24 de agosto e 3 de setembro em oito cidades do Sertão de Pernambuco. A ação teve como objetivo erradicar os plantios de maconha na região, reduzindo a oferta do entorpecente no interior do Estado. Ao todo foram erradicados 329 mil pés de maconha. Ninguém foi preso.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A 'Operação Expurgo IV foi realizada nas cidades de Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista e Ilhas do São Francisco, todos no Sertão de Pernambuco. A ação ocorreu também nos municípios de Carnaubeira da Penha, Floresta, Betânia e Manari, no interior do Estado. O trabalhou contou com o apoio de 50 policiais entre federais e militares do Corpo de Bombeiros. Foram realizadas incursões terrestres, fluviais e aéreas com o uso de uma aeronave. 

Para chegar até as plantações, a Polícia Federal precisou fazer um estudo na área. “Chegamos até esses locais porque fizemos um levantamento prévio, com o uso de helicóptero, GPS e identificamos esses plantios. Todo a região foi marcada no GPS. A partir dai nós acompanhamos todo o ciclo produtivo e quando chegou perto da colheita, mandamos nosso efetivo para destruir”, explica o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro. 

O chefe de comunicação ressaltou que essa é a terceira operação deflagrada este ano na região e que os trabalhos realizados pelos policiais estão surtindo efeito. “Hoje, parte da droga consumida no estado vem do Paraguai. Como não tem na região, a oferta diminuiu, precisam ir buscar fora. Uma vez ou outra eles conseguem colher. Mas, eles colhem a maconha antes do tempo e o produto é de péssima qualidade. Isso é ruim para o mercado do tráfico. Os usuários reclamam porque a droga termina não fazendo efeito”, detalha.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dados da PF apontam que em 2015 foram erradicados 787 mil pés de maconha, deixando de produzir 262 toneladas da droga. Foram destruídos ainda 255 plantios, 353 mil mudas e apreendidas 545 quilos de maconha pronta para consumo. “Com isso conseguimos coibir a circulação da droga no estado em 80%. Nesta última operação, 109 toneladas do entorpecente deixou de abastecer várias cidades de Pernambuco, Bahia, Ceará e Maranhão”, argumentou Giovani. 

Além de erradicar a maconha e evitar o abastecimento do mercado consumidor, a ação contribui para a redução da violência. “O tráfico gera uma série de violência como roubo, furto, homicídio, rixas entre traficantes, acerto de contas e até corrupção de policiais. E nós conseguimos quebrar parte desse ciclo, evitando que a droga chegue nas localidades”, disse Giovani.
 
www.chorrochoonline.com
Informação entrtenimento cultura e política
G1 Petrolina e região

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!