Prefeito de Abaré-Bahia admite não ter previsão para pagar servidores. Motivo seria não repasse de contribuições previdenciárias

12/07/2013 14:29

abare_640x480Em Abaré, no Norte da Bahia, os servidores municipais andam aborrecidos. E não é para menos. Por lá o prefeito Benedito Pedro da Cruz (PMDB) anunciou não ter previsão de quando vai efetuar o pagamento do funcionalismo. Segundo o gestor, o motivo é a queda na arrecadação.

O que provavelmente muitos servidores não saibam – e ainda não foi esclarecido por Benedito – é que a Receita Federal debitou da conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) o valor de R$ 258.660,97 da prefeitura municipal. O dinheiro é proveniente do não repasse das contribuições previdenciárias dos funcionários.

Mensalmente a prefeitura efetua o desconto na folha de pagamento dos funcionários e esse valor tem que ser repassado ao INSS – o que, segundo informações repassadas ao Blog, não vinha ocorrendo. Com a palavra, o prefeito ou algum representante da administração.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!