Professores de Uauá rejeitam proposta do executivo e decidem continuar em greve

19/07/2015 16:25

IMG-20150717-WA0074

 

 

 

 

O impasse entre os professores municipais de Uauá, no norte da Bahia, e a administração continua. Depois de analisar uma proposta da prefeitura, os professores decidiram continuar em greve. A decisão ocorreu na última sexta-feira (17), quando a categoria reuniu-se em assembleia para analisar a 2ª proposta de reajuste enviada pela administração de 3,41% em agosto, 3% em outubro e 6,6% em dezembro, fechando os 13,01% para todos os professores da rede.

De acordo com os professores, a condição para conceder o reajuste e as vantagens suprimidas seria a suspensão da gratificação de regência(15%) pelo mesmo período de 12 meses, a partir de agosto, o que a categoria não concordou.

Após assembleia, os professores enviaram uma contraproposta ao executivo na qual pedem reajuste de 13,01%(conforme a lei federal) em julho retroagindo a janeiro de 2015 e a reposição das vantagens suprimidas sem retirar as atuais. Até o momento não há posicionamento da administração e a greve continua no município.

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política

Fonte: Blog de Carlos Britto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!