Receita e PF cumprem novos mandados de busca e apreensão na TelexFree

25/10/2014 10:31

A segunda fase da Operação Orion foi deflagrada nesta sexta-feira. Participam da ação 12 servidores da Receita Federal e 20 policiais federais

Operação Orion é uma ação conjunta do Ministério Público, Polícia Federal e Receita Federal

Operação Orion é uma ação conjunta do Ministério Público, Polícia Federal e Receita Federal (Ivan Pacheco/VEJA)

Começou nesta sexta-feira a segunda fase da Operação Orion, que visa combater a prática de pirâmide financeira por empresas sediadas no Estado do Espírito Santo. A operação, na qual participam 12 servidores da Receita Federal e 20 policiais federais, cumpre quatro mandados de busca e apreensão na sede da TelexFree e em três residências de envolvidos nos municípios de Vitória e Vila Velha. Foi também autorizado o sequestro de valores e de bens imóveis. 

Foram pedidas no âmbito da operação medidas cautelares adicionais depois que a equipe investigadora, formada por agentes da Receita Federal, Ministério Público e Polícia Federal, analisou os documentos obtidos na deflagração da Orion em 24 de julho deste ano. Com informações veja.

www.chorrochoonline.com

Informação entretenimento cultura e política


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!