ROMARIA A GRUTA DE PATAMUTÉ TEVE A MAIOR PARTICIPAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS

03/11/2015 15:22
Durante os dias 30 de outubro e 1º de novembro aconteceu a tradicional Romaria da Gruta de Patamuté, Distrito de Curaçá. O evento, que é realizado em homenagem ao Sagrado Coração de Jesus, reuniu mais de seis mil romeiros da região e até de outros municípios e estados, que vieram assistir missas, pagar promessas e fazer pedidos. Esse número já é o maior dos últimos anos, como perceberam os organizadores. Conforme dados da organização, no dia 30, houve procissão, terço e uma missa à noite.
 
 
 
Já a pé, os romeiros e visitantes fazem o percurso em terreno íngreme, entre árvores e muitas pedras, mas também diante de uma linda vista panorâmica. São dois acessos. Num, existe um oratório bem no início da subida. Noutro, uma imagem de Padre Cícero, mais ou menos na metade do trajeto. Logo, se chega à entrada da Gruta onde os fiéis disponibilizam os jogos que trouxeram aos homens que os soltam incessantemente. Ali há uma escadaria que dá acesso ao interior da Gruta.
 
As paredes e o teto do local são de formações rochosas calcárias. No centro da gruta fica o altar que acolhe a imagem do Sagrado Coração de Jesus, rodeado de velas, ofertas e ex-votos de partes do corpo humano, esculpidos de madeira, que são ícones de promessas pagas (alguns ex-votos m forma de fotos ficam numa mural). Se o religioso recebeu a graça numa perna, por exemplo, traz um molde de uma perna em madeira e deixa ali ao lado de centenas de outros. A Banda de Pífano de Icó em Abaré/BA sempre marca presença nas romarias.
 
Para atender à grande quantidade de romeiros, a Paróquia de Curaçá realizou três missas dentro da Gruta, nos horários de 6h, 9h e 11h no dia 1º. As celebrações, que contaram com a participação do Coral ‘Jovens Unidos Com Cristo de Curaçá (EJUCC), ficaram por conta do Padre João Mendes, que em todas as missas falou do amor de Deus, o amor fraternal. “Estamos aqui nessa Romaria, nesse local tão sagrado que é a Gruta de Patamuté, para agradecermos a Jesus pelas graças alcançadas”, evidenciou o Padre que também teve o apoio do ministério da Paróquia Bom Jesus da Boa Morte e do Diácono Jodean Amâncio.
 
Durante as celebrações, alguns romeiros complementavam suas promessas dando três voltas no altar, passando, inclusive, por trás dele numa entrada apertada que existe na formação rochosa. “Eu venho há uns dez anos. Há três anos recebi uma graça e tem três anos seguidos que venho pagar”, falou Onésio Soares da Silva, zona rural de Curaçá. Ane Aparecida Fonseca, de Salvador (BA), veio visitar a Gruta pela segunda vez. “Vim pela primeira vez no início dos anos 80. É muito bom, muito bonito. Dessa vez trouxe até um amigo para que ele conhecesse também”, revelou Ane. Após a missa de despedida, no início da tarde, os participantes começaram a voltar para suas casas.
Na base da Gruta existe uma estrutura para armar redes, toldos, banheiros e diversas barracas de comerciantes de alimentos, roupas, artesanato, fogos, lembranças, velas, etc. A organização da Romaria é feita pela comunidade católica local, da Paróquia de Curaçá, Prefeitura Municipal, com o apoio do IRPAA, Curaçá FM e Polícia Militar, que esse ano montou uma base comunitária. O movimento na área de vendas foi enorme, como percebeu o Fiscal de Tributos da Prefeitura, Roque França. “Esse ano, sem dúvida, tem muito mais gente. E nunca vi tantos carros como esse ano”. O estacionamento ficou praticamente lotado o que obrigou alguns motoristas a estacionarem na estrada de acesso à base da Gruta, dificultando o tráfego. Muitas pessoas reclamaram de carência na organização do estacionamento.
 
www.chorrochoonline.com
Informação entretenimento cultura e política
Ascom/PMC 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!