ROMARIA DA GRUTA DE PATAMUTÉ 2014

05/11/2014 17:33
Durante os dias 31 de outubro e 1º de novembro aconteceu a tradicional Romaria da Gruta de Patamuté, Distrito de Curaçá. A Gruta, onde é realizada a Romaria, fica a 64 km da cidade de Curaçá, pela estrada de chão que liga Curaçá a Patamuté (há sinalização na estrada vicinal da Gruta). O Evento, que acontece desde 1903, é realizado em homenagem ao Sagrado Coração de Jesus, reuniu milhares de romeiros da região e até de outros municípios e estados, que vieram assistir missas, pagar promessas e fazer pedidos.
 

 

Para acolher os milhares de fieis, se montou, na base da Gruta, estrutura composta por faixas de boas vindas, toldos, banheiros (químicos e convencionais) e diversas barracas de comerciantes de alimentos, roupas, artesanato, velas, etc. A organização foi da comunidade católica local, da Paróquia de Curaçá, com o apoio da Prefeitura Municipal, Polícia Militar e Curaçá FM. No local, era possível encontrar diversas redes e colchonetes, que serviam de improviso na hora do descanso. Também muitos carros que deslocaram os romeiros e outros turistas. “É a primeira vez que venho aqui. Eu não sabia que esse evento tinha essa grandeza. Quero estar aqui mais vezes”, comentou Célio Souza, comerciante de Barro Vermelho/Curaçá-BA.
 
Ao chegarem à Gruta, após percurso com árvores e muitas pedras, os fieis encontram uma bela paisagem. As paredes e o teto do local são de formações rochosas. No centro da Gruta fica o altar que acolhe a imagem do Sagrado Coração de Jesus, rodeado de velas, ofertas e ex-votos de partes do corpo humano, esculpidos de madeira, que são ícones de promessas pagas. Para atender aos romeiros, o Padre realizou quatro missas: à noite da sexta-feira, no dia 31 (na base), e nos horários de 6h30, 8h e 10h no dia 1º (dentro da Gruta). As celebrações, que contaram com a participação dos músicos Fernando Antônio Ferreira (Fernandinho), Jean Braga e da Banda de Pífanos de Euclides da Cunha-BA, ficaram por conta do Padre João Mendes, que em todas as missas falou do amor de Deus, do amor fraternal e do respeito ao meio ambiente. “Estamos aqui nesse ambiente tão lindo que Deus criou. Se existe algo feio fomos nós que fizemos. E feio é o pecado. Tudo que Deus criou é bonito”. Na sexta-feira, ainda foram exibidos dois filmes: um a sobre a vida do Padre Cícero e o segundo a respeito da Romaria da Gruta de Patamuté em 2013, que foi elaborado pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Curaçá.
 
Esse ano, foi notável a diminuição no número de romeiros. Um assalto seguido de sequestros na vizinha cidade de Uauá-BA, pode ter influenciado nisso. “Graças a Deus tivemos paz ao menos aqui no ambiente da Romaria e não tivemos nenhum problema no atendimento aos romeiros. Tudo ocorreu bem, mas soubemos de um sequestro de romeiros que vinham de Paulo Afonso. Fora isso, o clima de medo de viajar pelas estradas fez com que muitos não viessem. Mesmo assim estamos felizes pela organização e as missas foram um sucesso em participação”, avaliou Antonio Carlos Rodrigues (Maré), um dos organizadores do Evento.
 

 

Informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Curaçá

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!