Rui defende desoneração do PIS e Cofins sobre a água; economia seria de R$ 250 mi

05/07/2016 20:46
Rui defende desoneração do PIS e Cofins sobre a água; economia seria de R$ 250 mi
Foto: Pedro Moraes / GOVBA
O governador Rui Costa defendeu nesta segunda-feira a desoneração do PIS e da Cofins sobre o abastecimento de água,  pagos a União, o que geraria a Embasa até R$ 250 milhões anuais de economia. O debate aconteceu durante o XVIII Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), coordenado pelo Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas. Aberto nesta segunda, o evento é realizado até a próxima sexta-feira (8). “Não faz o menor sentido onerar a distribuição de água para a população rural, no semiárido e de baixa renda. No nosso estado, isso seria uma economia de até 250 milhões por ano, que poderia ser investida na preservação dos mananciais. Se nós tivéssemos esse recurso para financiar a própria manutenção da água na Bahia, seria de grande ajuda”, argumentou Rui, citando a grande extensão do estado, o que amplia o custo com adutoras. “Talvez quem vive no sul e no sudeste não tenha noção de quanta distância é preciso ser vencida para se abastecer todo o Nordeste. Nós temos adutoras de 200 quilômetros na Bahia e isso é muito oneroso”. O secretário de Meio Ambiente, Eugênio Splenger, também participou da abertura do evento, e falou sobre a experiência da Bahia, que tem 14 bacias hidrográficas, 70% de seu território em clima semiárido, com vários biomas, e maior número de pessoas vivendo da agricultura familiar. “O estado ocupa um lugar estratégico na gestão de águas do País, especialmente para o Rio São Francisco, pois nós somos, junto com Minas Gerais, o estado que mais contribui para o equilíbrio das águas do São Francisco, principalmente no período de menor precipitação de chuvas”, afirmou.
 
www.chorrochoonline.com
fonte: Secom

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!