Rui entra na disputa por investimento chinês de R$ 50 bilhões para a Bahia

19/05/2015 15:09

O programa Digaí, Governador! desta semana, destaca o investimento da China, no valor de R$ 50 bilhões, para aplicação em infraestrutura e novos negócios. “Nós vamos disputar esses recursos com projetos estruturantes na Bahia. Eu apresentei o projeto da ponte Salvador-Itaparica, o projeto do Porto Sul e investimentos em infraestrutura logística no Estado, a exemplo de rodovias e aeroportos, que nós precisamos construir”, afirma o governador Rui Costa.

 

Rui apresentou os projetos ao receber uma missão chinesa, nesta segunda-feira (18), na Governadoria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador. O governador diz que, por meio de parceria público-privada (PPP), serão feitos investimentos no oeste do Estado junto a produtores de leite e do segmento mineral. “São áreas de interesse dos chineses e nós esperamos desdobrar esse diálogo para que possamos transformar [os recursos] em investimentos no Estado, como nós temos hoje no oeste, com a esmagadora de grãos para a produção de óleo feita por chineses”.

 

Agricultura familiar

 

Ainda no programa, Rui Costa cita a inauguração, nesta segunda, da nova agência do Banco do Nordeste (BNB) no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). “Também fizemos uma parceria para aumentar a capilaridade e a assistência aos agricultores familiares. Afinal de contas, a Bahia é o Estado com o maior número de agricultores familiares do País. São 600 mil agricultores familiares e elevar a renda dessas famílias e a produtividade é a nossa meta”.

 

O governador também comenta afirmação do secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, sobre o impacto da assistência técnica na produção de alimentos oriundos da agricultura familiar. De acordo com Rui, está sendo introduzido na Bahia um novo modelo de assistência técnica para substituir o antigo, via editais, “remunerando quem vai prestar assistência técnica na proporção direta”.

 

Como o governador explica, quanto melhor a vida do agricultor, quanto mais crédito ele adquirir, quanto maior for a sua produtividade, mais o técnico que prestou a assistência técnica compartilha dos ganhos. “... quem prestar assistência técnica vai compartilhar o ganho que o agricultor tiver e nós, com certeza, vamos elevar a produtividade”.

 

Em relação ao comentário do pequeno produtor Franciélio Macedo – do município de Tucano, na região nordeste do Estado – referente à Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), Rui destaca o apoio do Governo do Estado para apoiar os agricultores familiares. Ele explica que a DAP “é um documento como se fosse a carteira de identidade do agricultor familiar”, facilitando acesso ao Pronaf, “que [concede] crédito com subsídio para o agricultor poder produzir e sustentar a sua família”.

 

Minha Casa, Minha Vida

 

Ainda no programa, disponível no Blog Digaí, Governador!, Rui fala sobre a entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, nesta terça-feira (19), em Irecê, no centro norte da Bahia, por meio de parceria com o governo federal. Rui cita, por último, a inauguração de estradas na região sudoeste no sábado (23) e a reunião de governadores com o Senado, na quarta (20), em Brasília, quando estará em debate o pacto federativo.

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!