SÃO FRANCISCO: Obra está com 55% de concluída; bombas serão instaladas este mês

13/03/2014 12:17
 

rio são franciscoCom a meta de finalização agendada para 2015, as obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco seguem a todo vapor. Para fazer a água chegar à população do semiárido, o conjunto de bombas hídricas começa a ser montado este mês em uma das  principais estações de bombeamento e captação de água, localizada no Eixo Norte, em Cabrobó.

A execução da obra é um dos temas da apresentação do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, nesta quarta-feira (12), em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo, no Senado Federal.
O empreendimento tem 477 quilômetros de canais de concreto (mais do que a distância entre Rio de Janeiro e São Paulo), formando os Eixos Norte e Leste e outras estruturas para conduzir a água no semiárido nordestino. A obra está na lista das maiores em execução no mundo e inclui a recuperação de 23 açudes, construção de 27 reservatórios, além de nove estações de bombeamento, 14 aquedutos e quatro túneis exclusivos para a passagem de água.

A execução do projeto está em 55,5%. O Eixo Leste já concluiu 56,8% da obra e o Eixo Norte avançou 54,5%. Ao longo dos Eixos Norte e Leste, 14 aquedutos vão possibilitar que a água seja transportada sem obstáculo de vales ou depressões no terreno. Os aquedutos são estruturas semelhantes a viadutos, utilizados apenas para passagem de água.

O número de trabalhadores cresce a cada mês, dando ainda mais celeridade à obra. Desde dezembro de 2013 foram mais de mil contratações”, conta o ministro, que garante que o fluxo de execução esta á todo vapor. “A obra está de vento em polpa. Alguns trechos têm operários atuando, em esquema de escala, 24 horas por dia. Assim nos aproximamos cada vez mais da conclusão das atividades no São Francisco”.

As estações de bombeamento são consideradas obras complexas de engenharia dentro do projeto. No Eixo Leste, nove estações serão responsáveis por elevar a água a 313 metros acima do nível do Rio São Francisco – altura equivalente a um edifício de 104 andares. Já no Eixo Norte, a água será elevada a 176 metros acima do rio – altura que pode ser comparada a um prédio de 58 andares. O empreendimento conta também com a construção de 27 reservatórios ao longo dos canais. O objetivo é dar segurança hídrica ao semiárido, que possui períodos cíclicos de estiagem.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco conduzirá água por dois canais até os reservatórios existentes. Para isso, o Ministério da Integração Nacional trabalha em parceria com os governos do Ceará, Paraíba e Pernambuco na execução de diversas obras hídricas complementares, como, por exemplo, a construção do Cinturão das Águas, do Canal das Vertentes Litorâneas e do Ramal do Agreste, respectivamente.

 

www.chorrochoonline.com

INFORMAÇÃO ENTRETENIMENTO E CULTURA

Conheça mais sobre o Projeto de Integração do Rio São Francisco no endereço:
http://integracaosaofrancisco.gov.br.

Fonte: Farol de Notícias

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!