Seguidores de Bandeira querem dar "resposta" a Wagner". Bandeira e o PSB local continuam calados.

30/09/2013 14:12

 

A proximidade do prazo de filiação partidária para quem pretende se candidatar a algum cargo eletivo em 2014, que se encerra neste próximo sábado, ainda deve provocar algumas mudanças na composição dos partidos políticos no país.

Na Bahia a movimentação se intensificou na última semana, com alguns detentores de mandato mudando de sigla, como é o caso do deputado estadual Arthur Maia, que deixou o PMDB para ingressar no recém criado Solidariedade. O novo partido deverá receber ainda Luiz Argolo, que sai do PP e deve ser comandado na Bahia por Marcos Medrado, que deixa o PDT.

Os deputados estaduais Bruno Reis (PRP) e Graça Pimenta (PR) devem passar a integrar o PPS. Maria Luiza sai do PSF para o PSC; Sandro Régis (PR), Elmar Nascimento (PR) e Targino Machado (PSC) passam a integrar as fileiras do DEM.

Na região do São Francisco a mudança mais comentada até o momento é do ex-prefeito de Juazeiro, Joseph Bandeira, que após muitas divergências deixou o PT para ingressar no PSB. Em que pese o partido, comandado na Bahia por Lídice da Mata, continuar na base de sustentação do Governo Wagner, por aqui o “prato que se come”, é o de “vingança”. Tocadores de Bandeira, nome dado a seguidores do ex-prefeito de Juazeiro, prometem dar o troco a Wagner na eleição que se aproxima.

Distante da imprensa e do público, Bandeira continua calado. O PSB local, também ainda não se manifestou se vai receber o líder com festa, ou com desconfiança.

www.chorrochoonline.com

CONECTADO COM VOCÊ

Fonte: Blog Geraldo José

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!